Modelo de Intervenção: Programa Luzes para Aprender

Modelo de Intervenção: Programa Luzes para Aprender

A OEI lançou o "Modelo de Intervenção do programa Luzes para Aprender", uma publicação que apresenta o processo de consolidação e os marcos desta iniciativa de sucesso que visa reduzir a exclusão digital e melhorar a qualidade da educação nas escolas rurais da Ibero-América. O projeto beneficiou 25.934 alunos e 1.197 professores, de 556 escolas rurais em comunidades isoladas sem eletricidade, em 13 países da região.

A OEI coloca à disposição dos Estados, organizações não governamentais, fundações, agências de cooperação internacional e do público em geral o Modelo de Intervenção do programa Luzes para Aprender, uma publicação que reúne de maneira sistematizada as informações e experiências adquiridas na implementação desta iniciativa, após quase uma década de aprendizado, bem como as chaves de seu sucesso, através de recomendações, para futuras ações de características similares na região. 

O modelo de intervenção, elaborado em espanhol e português e em parceria com a Fundación Energía sin Fronteras, é constituído por três fundamentos: o primeiro, segundo as etapas do projeto, refere-se aos diferentes marcos alcançados ao longo do tempo segundo as fases de elaboração, execução e exploração; o segundo, de acordo com seus componentes, trata dos elementos próprios do projeto, como energia, TIC, formação docente, fortalecimento da comunidade e sustentabilidade; e o último, levando em conta os aspectos transversais, no qual se incluem ações complementares, mas necessárias para a correta implementação do projeto, como monitoramento, fortalecimento institucional, criação de parcerias, o princípio da igualdade entre homens e mulheres ou o princípio da educação ambiental e cidadania global.

Mais informações, aqui.

 

Fonte: OEI