Medalha de Bronze e Menção Honrosa para a equipa Portuguesa na Olimpíada Europeia de Física

Medalha de Bronze e Menção Honrosa para a equipa Portuguesa na Olimpíada Europeia de Física

Uma prestação excelente na Olimpíada Europeia de Física em tempos de pandemia

Enquanto se decide como (e se) será realizada a Olimpíada Internacional de Física em 2020, uma equipa internacional organizou em poucos meses a quarta edição da Olimpíada Europeia de Física, que teve lugar, de forma remota, entre 20 e 26 de julho.

Participaram na competição 257 estudantes finalistas do ensino secundário, provenientes de 53 países diferentes. Esta Olimpíada é uma competição anual onde jovens estudantes pré-universitários são convidados a demonstrar a sua preparação em Física em dois longos e difíceis exames: um teórico e um experimental. Neste ano a prova experimental foi substituída por duas simulações computacionais de experiências descrevendo o movimento de eletrões perto de um alvo com carga eletrostática e as forças exercidas num complexo sistema de molas acelerado.

O nível de conhecimentos requeridos para realizar estas provas vai muito para além do programa do secundário de Física, envolvendo por parte dos estudantes imenso esforço e dedicação durante a fase de preparação.

O vencedor absoluto desta olimpíada foi um estudante da Indonésia, Peter Addison Sadhani. O melhor europeu, ficou na segunda posição e foi o estudante Bogdan Rajkov, da Sérvia. A Olimpíada Europeia de Física é reconhecida pelo seu elevado nível de complexidade quando comparada com outras olimpíadas de Física a nível internacional. Os estudantes portugueses realizaram as provas no Departamento de Física da Universidade de Coimbra.

A equipa portuguesa foi constituída por: Gabriel Alberto Mourão Almeida e Nuno Gabriel Carvalho Carneiro, (E. S. de Santa Maria Maior, Viana do Castelo); Martim Pinto Paiva (E.B.+S. Fontes Pereira de Melo, Porto), Afonso Santiago Nunes Gonçalves (E.S. Carlos Amarante, Braga) e Gabriel do Carmo Rouxinol (E.S. da Gafanha da Nazaré).

Gabriel Alberto Mourão Almeida e Nuno Gabriel Carvalho Carneiro conquistaram a medalha de bronze e uma menção honrosa, respetivamente.

O resultado dos estudantes é particularmente impressionante quando se toma em conta que, devido à presente situação, eles foram preparados remotamente por professores do Departamento de Física da Universidade de Coimbra somente durante o período de um mês. 

As Olimpíadas de Física são uma atividade promovida pela Sociedade Portuguesa de Física com o patrocínio do Ministério da Educação, da Agência Ciência Viva e da Fundação Calouste Gulbenkian.