Está aqui

Evocação do Centenário da I Guerra Mundial

Evocação do Centenário da I Guerra Mundial

 Concurso Do Soldado Desconhecido ao Soldado Conhecido
           Acesso ao Regulamento
           Acesso ao formulário de candidatura

Concurso Há Cem Anos
          Acesso ao Regulamento
          Acesso ao formulário de candidatura

Webinar Evocação do Centenário da I Guerra Mundial - A Saga de um Combatente

 

A I Guerra Mundial (1914-1918), representou um momento determinante, constituindo uma rutura profunda no percurso da história contemporânea europeia e mundial, cujos efeitos fraturantes e duradouros envolveram, marcaram e determinaram muito significativamente a História de Portugal.

No âmbito desta Evocação entendeu o Ministério da Defesa Nacional constituir a Comissão Coordenadora da Evocação do Centenário da I Guerra Mundial, presidida pelo Senhor Tenente-General Mário de Oliveira Cardoso, com o propósito de preparar um programa nacional ao longo do período 2014-2018, em coordenação com outras entidades nacionais e internacionais.

Tratando-se de um projeto nacional com relevância no âmbito da educação histórica e da educação para a cidadania assumiu particular significado a assinatura do Protocolo, em 8 de abril de 2014, decorrente de proposta do Senhor Presidente da Comissão, entre o Ministério da Defesa Nacional e o Ministério da Educação e Ciência.

Protocolo assinado entre o Ministério da Educação e Ciência e o Ministério da Defesa Nacional


A escola evoca a I Guerra Mundial

Conjunto de propostas que visam incentivar o estudo da I Guerra Mundial e do contexto em que esta se desenrolou.

Nos objetivos consagrados pela Lei de Bases do Sistema Educativo encontra-se presente a necessidade da tomada de consciência, pelos alunos, da tradição universalista dos portugueses e da crescente interdependência e necessidade de solidariedade entre os povos, assuntos hoje tão presentes na sociedade. A pesquisa em torno da I Guerra Mundial constitui um tema estimulante para se iniciar uma reflexão sobre estas questões.

Num período em que o Ministério da Educação e Ciência, através da Direção-Geral da Educação (DGE), está a disponibilizar um conjunto de referenciais relativos à educação para a cidadania e que visam fornecer às escolas material de trabalho para tornar possível integrar esta área nos programas das disciplinas e/ou em projetos específicos, o estudo da I Guerra Mundial afigura-se-nos apropriado para este exercício, ajudando a compreender como o dever de memória pode alicerçar uma cultura de paz.[i]

Para o ano letivo de 2015-2016, a DGE, com a colaboração dos parceiros - Comissão Coordenadora das Evocações do Centenário da I Guerra Mundial, Fundação Vox Populi, Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares e Associação dos Professores de História -, propõe às escolas um conjunto de desafios dirigidos aos diferentes níveis e ciclos de ensino, desejando contribuir para tornar mais aliciante o estudo da I Guerra Mundial.

 

Propostas de trabalho e recursos disponíveis:

1. visionamento do webinar Evocação do Centenário da I Guerra Mundial - A Saga de um Combatente - permitirá motivar para o estudo do tema. Este webinar, inserido no âmbito das múltiplas iniciativas desenvolvidas em torno desta evocação, pretende celebrar o Dia do Armistício, assinado em 11 de Novembro de 1918. Aqui é apresentado o livro A Saga de um Combatente na I Guerra Mundial – de Chaves a Copenhaga, o qual se assume como um meio de partilha de memórias daqueles que não podem ser ignorados;

2. visionamento do webinar Os 100 anos da Grande Guerra - permitirá compreender a razão de ser desta evocação;

3. leitura de parte de um diário ou história de vida de um combatente. Sugere-se o livro A Saga de um Combatente na I Guerra Mundial – de Chaves a Copenhaga. Esta obra será enviada a 500 agrupamentos de escolas com ensino secundário, numa oferta da Fundação Vox Populi, através da Rede de Bibliotecas Escolares;

4. participação no concurso Do Soldado Desconhecido ao Soldado Conhecido, que permitirá trazer para o conhecimento da comunidade histórias de vida, privilegiando o conhecimento de uma realidade local ou regional, articulada com a história nacional e europeia;

5. participação no concurso Há Cem Anos, que pretende que os alunos investiguem e compreendam o significado e o impacto da I Guerra Mundial, inserindo-a na sua época;

6. consulta de documentos de trabalho para a Educação para a Cidadania, no sítio da DGE, em http://www.dge.mec.pt/educacao-para-cidadania;

7. consulta do Memorial Virtual aos Mortos da Grande Guerra, como ponto de partida do processo de pesquisa;

8. participação nas atividades levadas a cabo pela Comissão Coordenadora das Evocações do Centenário da I Guerra Mundial, nomeadamente das realizadas nas unidades militares e regularmente publicitadas no sítio da DGE e outros ligados à Evocação do Centenário.

As escolas que já desenvolveram ou estejam a desenvolver trabalhos no âmbito desta temática poderão prestar informação à DGE através do registo no respetivo campo do formulário.

São elegíveis para os concursos propostos todos os trabalhos que não tenham sido divulgados ou submetidos a outros concursos.


Homenagem Nacional aos Mortos da Grande Guerra

No âmbito da Evocação do 1.º Centenário da 1.ª Guerra Mundial está em curso um Programa Nacional que pretende assinalar a passagem do primeiro centenário do início do conflito mundial e que decorre ao longo do período de 2014-2018.

Neste sentido, e na sequência da celebração do Protocolo de Colaboração entre o Ministério da Defesa Nacional (MDN) e o Ministério da Educação e Ciência (MEC), estão programadas várias iniciativas conjuntas que procuram envolver toda a comunidade educativa.

Já no dia 18 de outubro de 2014 destaca-se a cerimónia de Homenagem Nacional aos Mortos da I Guerra Mundial que irá ter lugar em todas as capitais de distrito do Continente (no Algarve, a cerimónia ocorrerá na cidade de Tavira), nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores e em todas as restantes localidades onde haja Monumentos aos Combatentes da Grande Guerra (ver anexo 1).

Considerando a importância desta evocação e homenagem ao sacrifício do soldado português, tanto pelo seu caráter nacional como no âmbito da educação para a cidadania, enquanto geradora de memórias e identidades, a Comissão Coordenadora da Evocação do Centenário da I Guerra Mundial e a Direção-Geral da Educação convidam alunos e professores a participar ativamente nesta iniciativa.

Para informação mais detalhada poderá ser consultado o sítio eletrónico www.portugalgrandeguerra.defesa.pt.

ANEXOS:

[1] Lista das localidades com Monumentos aos Combatentes da Grande Guerra 

[2] Lista dos elementos de contacto das Forças Armadas para as Cerimónias evocativas do Centenário da Grande Guerra

[3] Calendarização das Cerimónias